AMAZÔNIA POR UM FIO

Do olhar de Flávio Sadalla, diretor de arte à frente do Studio Sadalla, com a colaboração do fotógrafo documentarista da natureza, Cristian Dimitrius, numa expedição de oito dias pelo sul da Amazônia, surgiu o manifesto cultural “Amazônia por um fio”. Este registro dá continuidade ao projeto Neon Mural Art, reconhecido internacionalmente. Composta por uma série de doze fotografias, a mostra expõe o contraponto entre a fragilidade e a força de uma das maiores riquezas naturais do mundo por meio da intervenção do néon. “É uma criação que nos faz refletir sobre a preservação da natureza. Enxergamos a Amazônia como um tesouro, mas a tratamos de forma menos importante. É preciso repensar nossas posições e ações”, explica o autor, que fez uma imersão na floresta a convite de Raquel Zanchet, proprietária do Jardim da Amazônia Eco Lodge, pousada ecológica que prima pela preservação ambiental.